Os cookies ajudam-nos a melhorar os nossos serviços. Ao navegar neste website, concorda com a nossa utilização de cookies. Saber mais. / Compreendi.
Adicionar aos favoritos Mapa do site Contacte-nos

Notícias

2014-01-03
A Junta de Freguesia apoia os mais desfavorecidos na compra de medicamentos

Junta de Freguesia de São Jacinto - Notícias

A Junta de Freguesia, aprovou um regulamento que prevê a atribuição de comparticipação em medicamentos, com o objetivo apoiar a compra de medicamentos por parte das famílias carenciadas, nomeadamente reformados, pensionistas e idosos, através de uma comparticipação pecuniária na aquisição de medicamentos sujeitos a receita médica do SNS.

Prosseguindo uma visão de combate às desigualdades sociais, a Junta de Freguesia considerou a necessidade de ajudar os idosos da sua freguesia com menores recursos, ao nível das suas despesas na aquisição de medicamentos. Os encargos decorrentes desta iniciativa são suportados exclusivamente pelo orçamento da Junta, teve em consideração os seguintes fatores:

- O facto dos idosos serem uma das camadas populacionais mais desprotegidas social e economicamente, sendo que as baixas reformas/pensões auferidas, dificilmente permitem fazer face a todas as despesas necessárias para satisfação das necessidades básicas do dia-a-dia e impedem assim, o acesso de muitas famílias desta faixa etária a condições de vida condignas;

- Que, as doenças crónicas que afetam a maioria das pessoas idosas e reformadas, conduzem geralmente a despesas avultadas com medicação permanente. Esta situação, quando aliada a baixas pensões, coloca este grupo social numa frágil situação económica que afeta a sua qualidade de vida.

- Que, muitas vezes os idosos ou pensionistas são levados a optar entre a aquisição de medicação e a aquisição de bens essenciais, como a alimentação, pois os seus recursos mensais não permitem satisfazer ambas as necessidades. Esta dificuldade conduz muitas vezes ao agravamento do seu estado de saúde, pela privação de bens de primeira necessidade e que o progressivo envelhecimento demográfico está associado ao aumento do consumo de medicamentos necessários à manutenção da saúde;

Assim, todos os pensionistas, reformados ou carenciados com insuficiente meios de subsistência, poderão usufruir desse apoio, apresentando a necessária candidatura até ao próximo dia 31 de Janeiro.

« página anterior